Metodologia Agile no Faturamento Hospitalar

Cada vez mais organizações buscam pela Metodologia Agile, mas por qual motivo este tema é tão relevante no mundo dos negócios de saúde? A crescente popularidade desta metodologia acontece pela sua afinidade com o cenário atual, que é configurado pela transformação digital. Estamos acompanhando uma série de transformações impulsionadas pelo acelerado avanço das tecnologias e inovação.

No contexto atual, as práticas de gestão de projetos precisam se adequar às novas exigências do mercado, que estão cada vez mais relacionadas à entregar valor ao cliente de forma otimizada, transparente e colaborativa. Neste ponto, a Agile (Ágil) é uma excelente solução para eliminar gaps nos projetos e potencializar as entregas. Assim, viabiliza uma otimização dos processos e maior satisfação do cliente.

Mas afinal, o que é metodologia Agile?
Para entender a Agile, primeiramente é importante ressaltar que ela se trata de uma filosofia que serve como base para as metodologias como XP, Kanban e Scrum. O manifesto Ágil declara 4 valores e 12 princípios pra desenvolvimento ágil de softwares. Entenda, na sequência, a filosofia Agile e conheça as principais metodologias ágeis para implementar em seu hospital.

Quais são os valores do Agile?
Os 4 valores que fundamentam o manifesto Agile são:

  1. Mais interações entre indivíduos do que processo e ferramentas;
  2. Mais software em funcionamento do que documentação abrangente;
  3. Colaboração com o cliente acima da negociação de contrato;
  4. Adaptabilidade é mais importante do que seguir um plano.

Metodologia Agile no Faturamento Hospitalar

Com foco em controlar o ciclo da receita hospitalar, a metodologia Agile se encaixa como uma luva, permitindo que os processos sejam executados de forma orquestrada, dinâmica, eficiente e eficaz. Torna-se possível priorizar a satisfação do cliente por meio de entregas contínuas de valor, focando no resultado.

Através da solução KFlow, toda comunicação entre os colaboradores fica simples, nomeando o responsável para cada atividade e direcionando de acordo com convênio, prazos e complexidade. Utilizando o cronograma de entrega da operadora de forma digital, as tarefas são priorizadas de acordo com a próxima entrega. Os colaboradores são alertados através de semáforos e notificações. Todas as informações essenciais são exibidas através de painéis de gestão à vista e notificações.

A mensuração do resultado de cada processo é feita através de dashboards, medindo item a item, etapa por etapa, tornando possível avaliar os gaps e maiores dificuldades no ciclo da receita para melhorar e tornar mais resiliente.

Um dos dashboards disponibilizados no KFlow é o Gestão Global, exibe a visão direta sobre o momento atual do ciclo de receita do faturamento: análise temporal do saldo à faturar; Status das Guias (autorizada, remanescente e outras pendências); Saldo à Faturar por convênio; Valor represado por etapa (etapas parametrizáveis de acordo com o processo).

Dashboard Gestão Global

Ciclo da Receita

Outro recurso que colabora fortemente com a gestão ágil do faturamento é o Ciclo da Receita por Convênio, permite configurar as principais datas para que o processo seja realizado no melhor prazo possível. Os seguintes eventos tornam-se gerenciáveis: Validade da Conta; Auditoria Convênio (externa); Fechamento Mês (cronograma de entrega); Entrega da Conta; Previsão de Pagamento.

O KFlow realiza todos os controles por convênio, sinalizando por notificação (SMS / Push / E-mail) quando há alguma não conformidade com os prazos propostos ou quando há alguma situação próxima à isso.

Página de Parametrização do Ciclo da Receita por Convênio

Gestão à Vista, que auxilia a equipe a determinar problemas rapidamente

A gestão à vista pode ser tida como uma grande aliada para os processos de comunicar e motivas a equipe. As informações importantes são colocadas à vista dos colaboradores e gestores, facilitando o acompanhamento de indicadores da área e status de cada etapa. Essa possibilidade de visualizar os dados atualizados de forma ampla favorece a tomada de decisões acertadas, diminuindo problemas, glosas e prejuízos.

Dashboard Gestão à Vista (personalizável por cliente)

A transformação digital, através da solução KFlow, gera diversos benefícios diretos ao hospital logo nos primeiros meses de implantação:

Aumento da taxa de faturado na própria competência
Diminuição do prazo de recebimento
Redução de tempo do ciclo da receita
Gestão com base em indicadores e resultados
Diminuição de glosas
Transparência entre as áreas

“A metodologia Agile apoia fortemente no ciclo de receita do faturamento hospitalar, transformando processos complexos e morosos em processos simples e ágeis”, afirma Marcelo Guimarães, Diretor de Inovação da Kentech. “A adoção KFlow faz com que o faturamento hospitalar progrida de acordo com o planejado. ”, finaliza.

12 princípios do Agile

  1. Priorizar a satisfação do cliente por meio de entregas contínuas de valor;
  2. Ser receptivo à mudanças de requisitos em qualquer etapa do processo;
  3. Fazer entregas frequentes, com o menor intervalo de tempo possível;
  4. Trabalho em conjunto dos desenvolvedores de software e pessoas de negócios em todo o projeto;
  5. Oferecer o ambiente e suporte necessários á pessoas, além de confiar nelas para executar as tarefas;
  6. Manter uma comunicação pessoal, e que transmita as informações necessárias à equipe de desenvolvimento, é o método mais eficiente;
  7. A medida primária de progresso é o software funcionando;
  8. As pessoas envolvidas no processo devem ser capazes de manter um ritmo constante indefinidamente. Pois processos ágeis promovem um desenvolvimento sustentável;
  9. Manter uma atenção constante à excelência técnica e de design aumenta a agilidade.
  10. Cortar o máximo de esforços que não agregam valor ao produto, a simplicidade é essencial;
  11. Times auto-organizáveis desenvolvem as melhores arquiteturas e designs;
  12. Regularmente, a equipe reflete sobre como aumentar sua eficiência e eficácia para aprimorar seu comportamento.

Agilidade na ponta dos dedos
Quer aplicar os conceitos da metodologia ágil no seu hospital? Que tal contar com um dos softwares de gestão de workflow mais modernos do mercado? Com o KFlow, você consegue gerenciar suas equipes, organizar suas tarefas e estabelecer prioridades de trabalho para garantir o cronograma de entrega das operadoras. Através de princípios agile embutidos, fica muito mais fácil praticar as técnicas mais adequadas para ter uma gestão estratégica e alavancar o seu hospital.

Anúncios

Os gigantes da tecnologia estão aproveitando suas forças no mercado de saúde

Os gigantes da tecnologia estão aproveitando suas forças no mercado de saúde e já possuem um forte histórico de foco no cliente… realmente, com foco no cliente. Munidos de hardware (telefones, tablets, wearables, computadores, etc.) e / ou de software (aplicativos, sites, serviços de nuvem, aplicativos móveis, etc.) especializados, esses gigantes estabeleceram um canal direto para milhões de consumidores. Esse contato direto produz um fluxo incrivelmente grande e contínuo de pontos de dados, permitindo o marketing cativo, a entrega perfeita e o teste de novas ofertas, bem como a capacidade de explorar e inovar constantemente com clientes reais. Esse modelo direto ao consumidor poderia derrubar o modelo tradicional de plano de saúde centrado no empregador.

Então, como exatamente está o relacionamento direto com o cliente para algumas dessas empresas?
Apple, uma empresa bem conhecida por seu design de produto, por exemplo. Aproximadamente 90 milhões de proprietários de smartphones nos EUA usam um iPhone , 81 milhões de americanos possuem um iPad e milhões de consumidores americanos adquiriram Apple Watches (a Apple não divulga as vendas da Apple Watch). Com a tecnologia IoT e wearables à mão, os consumidores usam esses dispositivos para rastrear sua saúde e bem-estar. A Apple está permitindo que seus clientes criem e monitorem novos fluxos de dados de saúde por meio de seu novo relógio aprovado pela FDA, que permite aos usuários rastrear etapas, monitorar sua frequência cardíaca, realizar um eletrocardiograma e detectar quedas.

Além disso, a Apple tem investido pesadamente em sua iniciativa de registros de saúde para potencialmente resolver um dos problemas mais onipresentes e frustrantes do setor – acessar registros médicos pessoais. A Apple tem uma lista crescente de instituições de saúde que oferecem suporte a registros de saúde em iPhones, permitindo que os clientes visualizem dados importantes, como imunizações, resultados de laboratório, medicamentos e sinais vitais no aplicativo Saúde da Apple. A Apple tem uma marca fiel de seguidores e, como é uma empresa de tecnologia, muitas vezes é considerada muito mais confiável do que hospitais ou seguradoras para manter as informações dos clientes seguras, dando-lhes uma vantagem competitiva na área da saúde.

Outro exemplo do modelo direto ao consumidor é a Amazon, que tem mais de 100 milhões de assinantes do Amazon Prime, dos quais mais de 90% incluem membros dos EUA. A escala, o alcance e o modelo logístico da Amazon são lendários. Em 2018, a Amazon fez dois movimentos muito públicos que poderiam capitalizar essas capacidades – uma colaboração de risco de saúde de alto nível com o JPMorgan e a Berkshire Hathaway e a aquisição da farmácia on-line PillPack. O empreendimento Amazon / JPMorgan / Berkshire visa melhorar os resultados, o atendimento e a satisfação e está livre de incentivos e restrições lucrativas. Como tal, a nova empresa tem uma latitude bastante ampla para utilizar os vastos recursos da Amazon. A aquisição da PillPack é mais uma extensão do modelo de negócios de pedidos on-line / entrega de correio da Amazon e fortalece ainda mais a Amazon no setor da saúde.

O Google é mais conhecido por seu mecanismo de busca, mas a empresa-mãe do Google Alphabet investiu em mais de 60 empresas relacionadas à saúde desde 2009 . Alguns investimentos notáveis ​​direto ao consumidor incluem 23andMe, Doctor on Demand e Oscar Health Insurance. Quando não está investindo em empresas de saúde, a Alphabet adquiriu empresas diretamente, como a Deep Mind AI, ou desenvolveu capacidades próprias, como a Verily Life Sciences.

O que todo esse investimento e interesse significa para as operadoras de saúde de hoje? Três áreas de preocupação são o tradicional modelo de assistência médica fornecido pelo empregador, o aumento das expectativas do consumidor em relação à experiência de assistência médica e a introdução da inteligência artificial (AI) em todos os aspectos da assistência médica.

  • Assistência à saúde fornecida pelo empregador – A partir de 2017, 181 milhões de americanos receberam seguro de saúde através de seus empregadores, o que destaca o modelo tradicional para os pagadores de hoje. Nesse modelo, os empregadores dos tribunais pagadores normalmente fornecem um grupo grande e cativo de clientes para o pagador. Historicamente, esse modelo faz sentido, pois o pagador não tem um relacionamento direto com os clientes de antemão. Como evidenciado acima, isso não é um problema para os gigantes da tecnologia. Eles podem (e provavelmente já fazem) se comunicar com milhões de consumidores em qualquer lugar, a qualquer momento e através do canal preferido por cada cliente.
  • Aumentando as expectativas do consumidorComo você avaliaria sua experiência com o sistema de saúde? Para 71% dos americanos, a resposta não é boa … não é nada boa. De fato, a maioria dos americanos categorizou o sistema de saúde como em estado de crise ou com grandes problemas. Este é um sonho tornado realidade para organizações especializadas em não apenas definir, mas redefinir as experiências dos clientes. A Apple revolucionou a experiência móvel, o Google transformou a experiência de pesquisa e a Amazon subiu a experiência de varejo, então por que não a experiência de assistência médica?
  • A introdução da IA – Como os gigantes da tecnologia continuam a coletar cada vez mais dados sobre os pacientes através de seu contato direto, a questão se torna o que eles farão ou não com esses dados? Com os dados se tornando rapidamente a nova moeda, as possibilidades são bastante amplas. No entanto, qualquer empresa que pretenda competir nos próximos anos precisará abordar a onipresente questão da inteligência artificial; como uma organização pode aplicar a IA para reduzir custos, ser mais eficiente e criar novas oportunidades? As excursões da Apple, Amazon e Google à AI estão bem documentadas, mas os pagadores atuais estão tomando nota também. A Cigna criou recentemente um fundo de capital de risco de US $ 250 milhões para empreendimentos promissores em estágio inicial, que incluiria AI. No início deste ano, a Cigna também lançou o “Answers by Cigna” que é uma nova habilidade disponível no Alexa da Amazon para responder a mais de 150 das questões de saúde mais comuns. A Optum da UnitedHealth investiu na Buoy Health, que é descrita como uma ‘assistente de saúde digital com tecnologia AI’. Os pagadores não estão apenas devorando produtos, mas também o talento, evidenciado mais recentemente pela contratação de um executivo de buscas do Google pela Anthem.

Está claro que a indústria está muito consciente dos disruptores, e muitos estão agindo apropriadamente. Investimentos contínuos em relacionamentos com clientes, a experiência e a inteligência artificial não são mais opcionais; Graças aos responsáveis ​​pela tecnologia, eles se tornaram as novas apostas as Operadoras de saúde.

Como os chatbots podem empoderar a saúde

Graças ao machine learning e à Inteligencia Artificial, os chatbots estão evoluindo rapidamente e ganhando um espaço essencial de empoderamento na área da saúde. De forma simples, um chatbot é um software que pode ser usado no bate-papo online.

É sabido e observável que as pessoas estão gastando mais tempo do que nunca com seus telefones, especialmente as mais jovens. Mas onde elas gastam esse tempo? Apesar da infinidade crescente de possibilidades, não é mais baixando aplicativos. Elas ficam no bate-papo. Sendo esse o uso que está se naturalizando dia a dia, a conversação é uma fortíssima interface com o usuário, e é isso que torna os bots tão relevantes, transformando-os na próxima interface para esta nova fase de interação.

Um relatório divulgado, 2017, pela Juniper Research mostrou que a economia de custo anual decorrente da adoção de chatbots nos cuidados com a saúde poderão atingir até US $ 3,6 bilhões globalmente em 2022. Em 2017, este valor pode chegar a US $ 2,8 milhões. No total, o crescimento estimado será de 320% ao ano, uma vez que os chatbots alimentados por inteligência artificial (AI) poderão atender pacientes.

Futuramente, por meio do uso de sofisticados sistemas de chatbot, os pacientes poderão acessar os cuidados de forma mais rápida e fácil, consequentemente melhorando o acesso aos cuidados e reduzindo a pressão sobre os sistemas de saúde com excesso de trabalho.

Outra pesquisa realizada pela “Digital Health: Vendor Analysis, Emerging Technologies & Market Previsions 2017-2022”, apontou que, mesmo em caráter experimental, o uso da tecnologia pelo National Health Service (NHS), no Reino Unido, a implantação de chatbots será dominada pelo Extremo Oriente e pela China nos próximos cinco anos. Ainda de acordo com o estudo, mais de metade das economias anuais proporcionadas pelo uso de chatbots serão atribuídas a esta região em 2022.

O levantamento também previu que os chatbots, quando utilizados pelos sistemas de saúde, para triagem de pacientes, teriam um impacto considerável na eficiência do setor. A Juniper instigou os prestadores de serviços a se concentrarem em superar o atual nível de interoperabilidade de muitos sistemas de TI de saúde para permitir que o chatbot demonstre todos os benefícios possíveis. Além disso, citou a segurança dos dados como crítica para manter a confiança do paciente.

Com o crescente uso e os avanços tecnológicos da Inteligência Artificial (IA) e do machine learning, os chatbots estão se tornando cada vez mais precisos, velozes, qualificados e eficientes. E, por meio da automação, ainda reduzem custos e tempo no atendimento aos clientes, funcionando 24 horas por dia, sete dias por semana, e deixando para especialistas humanos apenas questões mais complexas.

Além disso, eles podem atender em diversas plataformas diferentes ao mesmo tempo e de forma instantânea, poupando o usuário de esperar nas filas digitais e deixando-o à vontade para escolher o ambiente digital no qual se sente mais confortável. Então, preste atenção no uso dos seus bots e faça um bom proveito desse canal de contato.

De acordo com  Tissiana Costa, Business Director da CI&T, “é preciso destacar três pontos-chave, as três vantagens dos bots sobre outros canais online da sua empresa:

  • Menor atrito (não há necessidade de download, criação de conta etc.);
  • Integração (não há identidade nova do usuário, inserção dentro de plataformas existentes);
  • Conexões mais profundas (comunicação um a um, entre consumidores e marcas).

Bots não vão substituir sites, mas irão complementá-los. O caminho mais curto entre uma pergunta do cliente e uma resposta da marca será um bot;

Como um desenvolvedor de bot, você falhará se pretende torná-lo como um humano. Imitar uma pessoa não é o que um bot precisa ser para realizar seu propósito.

“O mercado está mudando ligeiramente. Acostumados a ter as necessidades atendidas de forma cada vez mais qualificada, interativa e veloz no ambiente digital, os clientes tornam-se mais exigentes, querem soluções imediatas para os seus problemas e estão sempre em busca de experiências surpreendentes e personalizadas. Os chatbots vão revolucionar a forma como os clientes serão atendidos: mais rápido, mais simples e mais personalizado”.

– Marcelo Guimarães,
Diretor de Inovação da Kentech.

Seja social: Melhore as suas experiências digitais e físicas. Bots são alimentados por dados gerados em conversas, que são um meio social natural. Não tente bater de frente ou encerrar as conversações, mas integre e facilite um bate-papo cativante, estendendo a conversa em andamento.

E para melhorar a qualidade e a efetividade do seu bot, atente-se ao conteúdo:

Você precisa gerar assuntos apropriados ao contexto da conversa;
Elabore um conteúdo que os consumidores queiram compartilhar e facilite que isso seja feito por meio de um canal único, como um simples clique.

Hospitais

Os hospitais podem utilizar chatbots que educam e monitoram pacientes no pré e pós-alta hospitalar. Com isso, os hospitais conseguem garantir que os pacientes estejam seguindo o tratamento corretamente e identificam, o mais cedo possível, evidências de complicações.

Operadoras de Saúde

Assinantes dos planos de saúde estão enviando mensagem de texto o tempo todo. Então, quando se pensa em torná-los mais participativos nas decisões sobre sua saúde, chatbots são a melhor forma para engajá-los.

Setor Público

É possível utilizar chatbots em dispositivos móveis para ajudar sistemas de saúde governamentais a otimizar o uso de recursos para melhorar a saúde pública. Através de mensagens de texto SMS, é possível engajar, educar e monitorar grandes populações com foco no controle de gastos evitáveis com medidas básicas.

É possível combater epidemias como Dengue e Zika Vírus através de SMS, tanto pela conscientização da população sobre a doença quanto monitorando sintomas de populações em risco. Também temos programas extremamente efetivos para a saúde de gestantes, que abrangem desde o planejamento familiar e os cuidados com a gestação até a primeira infância da criança.


Inteligência de faturamento com soluções de última geração

Soluções de última geração podem trazer um crescimento no faturamento hospitalar através do gerenciamento assertivo e diminuição das perdas, o KFlow, uma Solução desenvolvida pela Kentech, tem ajudado no crescimento e controle do faturamento hospitalar, desde o seu lançamento em 2015 ele já gerenciou mais de 20 Bilhões de reais.

Em 2015 a Rede Ímpar buscou inovação e tecnologia da Kentech para o desenvolvimento de uma solução que fosse capaz de auxiliar no processo de faturamento, de tal forma que possibilitasse a rastreabilidade das contas hospitalares, gerasse pendências, monitorasse os responsáveis e exibisse indicadores através de painéis de bordo e painéis de gestão à vista. No mesmo ano o KFlow foi lançado e de lá para cá, muitas outras funcionalidades foram implementadas como por exemplo gerenciamento de tarefas, notificações, cronograma de entrega da operadora, controle do ciclo de receita e painéis de gestão.

Alguns dos maiores e mais tradicionais hospitais do Brasil estão utilizando a solução, com a possibilidade de parametrização com diversos ERPs, o gerenciamento das contas ficou mais fácil e mais ágil. O KFlow vem diminuindo consideravelmente o tempo de faturamento e ciclo de receita, tornando possível acompanhar todo o fluxo da conta com total transparência. Com uma interface amigável, a solução é alimentada automaticamente através de integrações, os responsáveis de cada setor recebem e tratam as contas encaminhando para os setores responsáveis.

Pensando em superar essas barreiras, o Hospital Novo Atibaia, desde junho de 2017 vem investindo em Inteligência de Faturamento, inicialmente com o mapeamento de processos, otimização de atividades, implantação de núcleos especializados entre outras ações. “A navegação às cegas era absolutamente o maior problema, mas isso ficou no passado”, diz Alyne Di Cianni Ribeiro, Gerente Negócios e responsável pelo Ciclo de Receitas.

“A navegação às cegas era absolutamente o maior problema, mas isso ficou no passado”
Alyne Di Cianni Ribeiro
Gerente Negócios

Em fevereiro de 2018 foi concluída a primeira fase de implantação das ferramentas KFlow e KDashboard, e já nas fases iniciais de utilização do sistema era possível localizar o estágio de processamento de cada parcial de internação ou conta ambulatorial. A organização prévia dos processos contribuiu para agilizar os resultados, mas o formato amistoso das ferramentas e a fácil visualização de produtividade foram fundamentais na implantação do novo modelo.

O Kflow apoia o gestor na manutenção do fluxo de trabalho de forma sincronizada entre os diversos setores, a partir dos produtivos.

O HNA dispõe de unidades produtivas pulverizadas e a rastreabilidade era gerida por meio do sistema operacional de controle de documentos, cenário bastante inseguro e comprometido. O Kflow permite a identificação de todo o trânsito por unidades e usuários. Os relatórios da própria ferramenta passaram a integrar a rotina das equipes de faturamento.

Em conjunto com o workflow foi implantada a ferramenta KDashboard. Trata-se de BI (business inteligence) integrado com os sistemas operacional e workflow, demonstrando em tempo real os resultados e performance de faturamento. Os painéis são customizados às necessidades do Hospital Novo Atibaia e contribuem na governança do processamento de contas médicas.

Os investimentos em gestão de processos e tecnologia garantiram ao Hospital Novo Atibaia melhoria de aproximadamente 7 pontos percentuais na conversão de faturamento dentro da competência. A equipe avalia que ainda existem muitas oportunidades e o trabalho ainda está apenas no começo, mas o progresso foi positivo e têm sido um importante aliado no estimulo a novas iniciativas.

Solicitação de agendamento de cirurgias online, otimização de recursos e salas de cirurgia

O Centro Cirúrgico é uma área de muito valor, importância e responsabilidade para um hospital.
Fluxo e burocracia

O processo começa quando vai ser realizado um agendamento cirúrgico. Neste momento são tomadas todas as providências para que a cirurgia ocorra de forma tranquila. Essa rotina busca minimizar riscos pertinentes ao procedimento e mantém a equipe permanentemente preparada, mas antes de chegar nesse momento existe todo um complexo processo burocrático para a solicitação de uma cirurgia, esse processo envolve alguns setores do hospital, o paciente e o médico, assinaturas e muita documentação para a autorização.

As Soluções

Kentech desenvolveu um novo modulo do KFlow, o Agendamento Cirúrgico, ele visa facilitar a solicitação, que é feita de forma digital, o agendamento pode ser realizado pelo médico ou secretária e em apenas 4 etapas, sendo possível realizar a solicitação, anexar os todos documentos necessários, a equipe responsável pela autorização irá receber o pedido, verificar os documentos se houver alguma pendência poderá solicitar a verificação e correção via chat, facilitando a comunicação entre as equipes, gerando um histórico a respeito daquela solicitação e diminuindo o retrabalho e consequentemente melhorando a produtividade e rentabilidade.

Outra ferramenta que vem facilitando a vida das equipe no Centro Cirúrgico é o K|Painel, ele está presente em mais de 30 salas de cirurgia, em média causa um aumento de 7% na produtividade, funciona de forma dinâmica e em tempo real,  acompanhando o fluxo do paciente dentro do centro cirúrgico, dando controle total do processo de movimentação, o prestador pode acompanhar direto do conforto medico quando a sala de cirurgia e o paciente estão preparados, pelo painel é possível acompanhar se o paciente já foi anestesiado, o início e fim da cirurgia, se está na RPA, se já foi encaminhado para o leito, a equipe de limpeza sabe o momento exato de começar seu trabalho de higienização, tudo acontece através de painéis, tablets e notificações. O centro cirúrgico passa a funcionar com uma maior eficiência.

Com essas duas soluções é possível ainda mensurar a quantidade de cirurgias, solicitações autorizadas ou não,  taxa de ocupação de leitos,  o tempo médio empregado em cada tipo de cirurgia, as taxas de sucesso, com informações precisas é possível medir e gerenciar com agilidade gerando um aumento de receita e evitando glosas.

Solicite uma apresentação


 

7 Motivos para usar o K|Notify


Falando um pouco mais sobre a solução K|Notify, um recurso bastante interessante é a utilização de gatilhos inteligentes para o envio de notificações. Torna-se possível identificar rapidamente situações críticas do cotidiano e efetivamente executar um plano de ação, diminuindo consideravelmente os danos. Por exemplo: sempre que o tempo de espera do pronto socorro estiver fora do tolerável, coordenadores e gestores receberão uma notificação push no celular através do APP K|Notify ou até mesmo um SMS.

O objetivo estratégico do K|Notify é, acima de tudo, tornar seus colaboradores e clientes mais conscientes e informados. Estão relacionadas com o seu negócio, mas no contexto que importa às pessoas.

1 – Gatilho de Tarefas
Configure gatilhos e agende tarefas para criação da regra de negócio no envio das informações;

2 – Lembretes de Consultas
É possível configurar a solução para disparar um lembrete ao paciente, lembrando da consulta agendada. Podendo até mesmo de solicitar a confirmação de presença ou não, para poder deslocar outro paciente da fila de espera e não perder um horário na agenda;

3 – Divulgação Serviços Oferecidos
Novas especialidades atendidas na clínica, horários especiais de atendimento. Aparecer para seu público é fundamental e a ferramenta de envio de Push, e-mail ou SMS te ajuda nessa tarefa;

4 – Dicas
Como as informações são geradas de forma interna pelos médicos, o marketing de conteúdo pode ser uma saída barata e efetiva para divulgação da clínica, poderá ser enviado informações sobre cuidados com a saúde, sempre de acordo com as especialidades de domínio dos profissionais que atendem em seu estabelecimento;

5 – Notificação de Cirurgias Agendadas
O prestador pode receber todos os dias no horário programado a agenda de cirurgias agendadas para aquele dia;

6 – Faturamento
Os gestores podem recebem mensagens com as atualizações do faturamento;
7 – Evento Sentinela
Comunica de forma rápida sempre que houver ocorrência de acordo com a criticidade.

O K|Notify é a forma mais rápida e simplificada de melhorar e otimizar a comunicação. Com ele você pode enviar notificações para todos que estão envolvidos no processo, em tempo real, garantindo a qualidade na comunicação e gestão do negócio.

Clientes Kentech recebem Certificação HIMSS

Health Information and Management Systems Society (HIMSS) é uma associação internacional de alto prestígio no setor da saúde. Fundada em 1960, em Chicago, a HIMSS hoje já atua em todos os pontos do mundo e, entre suas atividades, estão o congresso anual realizado nos Estados Unidos intitulado HIMSS Conference, o programa de desenvolvimento e a CPHIMS  certificação profissional para TI na saúde, além, é claro, do EMRAM  Electronic Medical Record Adoption Model (modelo de adoção do registro médico eletrônico), um modelo elaborado pela HIMSS para ser seguido pelas instituições de saúde, a fim de que se creditem para receber a Certificação de excelência em desenvolvimento tecnológico hospitalar. Essa iniciativa evidencia o objetivo máximo da HIMSS: estimular o uso da Tecnologia da Informação pelo setor de saúde.

O Hospital Unimed Sorocaba, Hospital 9 de Julho e o Hospital Santa Catarina são clientes Kentech que entraram para o seleto grupo de instituições de Saúde certificadas pelo HIMSS, os três hospitais conquistaram o nível 6 da certificação.

O Hospital 9 de Julho (H9J) conquistou a certificação nível 6 da Healthcare Information and Management Systems Society (HIMSS). O hospital é referência em medicina de alta complexidade com destaque para as áreas de Neurologia, Oncologia, Onco-hematologia, Gastroenterologia, Ortopedia, Urologia e Trauma. Possui um Centro de Medicina Especializada com atendimento em mais de 50 especialidades e 13 Centros de Referência com cerca de 2500  colaboradores e quatro mil médicos cadastrados, o complexo hospitalar possui 410 leitos, sendo 91 leitos nas Unidades de Terapia Intensiva, Centro Cirúrgico com capacidade para até 22 cirurgias simultâneas, inclusive com duas salas híbridas (com equipamento de Hemodinâmica e Ressonância Magnética) e uma para robótica. O Hospital 9 de Julho foi um dos primeiros clientes da Kentech, atualmente utilizam as soluções: KFlow, K|Notify e BlueMind. A Kentech teve grande parceria com o H9J para desenvolvimento e criação do KFlow, a primeira versão da solução foi feita com base nos processos e necessidades do hospital.

O Hospital Dr. Miguel Soeiro, Unimed Sorocaba, é o 12º a ter conseguido este prestigiado status. Com 212 leitos, Hospital Dr Miguel Soeiro é totalmente sem papel em termos de informação clínica com uma média de 33.036 atendimentos mensais e cerca de 1.000 profissionais, o hospital utiliza as seguintes soluções da Kentech: KFlow, K|Notify, DataBee e YouDo.

Hospital Santa Catarina (SP) também conquistou o certificado nível 6 da HIMSS. O nível 6, obtido pelo Hospital Santa Catarina, confirma que a instituição está no caminho certo para se tornar integralmente digital e conquistar a máxima excelência operacional. O Hospital Santa Catarina também conquistou este ano acreditação da Joint Commission International (JCI). O Hospital é referência de qualidade em serviços de saúde no Brasil, atende desde pequenos procedimentos até cirurgias de alta complexidade. Com infraestrutura moderna, equipamentos de última geração e profissionais altamente qualificados, o Hospital Santa Catarina dispõe de 324 leitos, sendo 85 de UTI, 16 salas de cirurgia, cinco Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs neurológica, cardiológica, pediátrica, geral e multidisciplinar) e pronto atendimento 24 horas. O Hospital Santa Catarina utiliza as soluções KFlow, K|Notify e K|Dashboard.

Com essa nova conquista, as instituições confirmam os padrões internacionais de qualidade no emprego de tecnologia de última geração, buscando o apoio e inovação através de empresas parceiras e pioneiras como a Kentech.

KENTECH FIRMA PARCERIA COM SORRISUS COM FOCO EM TRANSFORMAÇÃO DIGITAL

Kentech firma parceria com Sorrisus, rede de franquias de clínicas odontológicas, composta por mais de 200 unidades em todo Brasil.

Atuando desde 2013, a Sorrisus investe no que há de melhor em estrutura, tecnologia e bom atendimento como diferenciais. O compromisso é ser a cada dia melhor, inovando sempre para implantar um novo padrão odontológico no Brasil. Atualmente são 237 unidades vendidas, 75 em operação, presente em 22 estados do Brasil.

Com foco em transformação digital, a Sorrisus selecionou a Kentech como fornecedora estratégica de soluções para apoio na gestão corporativa. Em 2018, iniciou-se o projeto de implantação das soluções Kentech HealthCare, onde o principal objetivo é tornar digital os processos mais críticos das franqueadas, melhorar a gestão dos indicadores e otimizar a comunicação.

De acordo com Thiago Costa, Gerente de Projetos da Kentech, o maior desafio será a unificação de dados de localidades e ERPs distintos. A partir daí, será possível estabelecer a padronização, gestão e adequação dos processos e indicadores de todas as unidades.

Através da solução K|Dashboard, será possível consultar resultados através de painéis de bordo e painéis de gestão à vista, disponibilizados em cada setor e em cada franquia. As informações serão atualizadas automaticamente, trazendo um monitoramento em tempo real, exibindo informações das pendências para os colaboradores de cada processo e de cada franquia.

A Kentech HealthCare é uma solução composta por uma gama de produtos Kentech, conheça mais das soluções que podem ser utilizadas nas mais variadas áreas em www.kentech.com.br e faça como a Sorrisus, informatize todos os indicadores e seus dados.

Kentech selecionada em circuito de aceleração por empresa Internacional

A primeira semana de abril de 2018 iniciou com uma excelente notícia, após diversas reuniões e apresentações, a Kentech foi selecionada para aceleração e mentoria por empresa internacional, sediada em Nova York.

Na categoria Soluções e Empresas Inovadoras, mediante criteriosa seleção promovida pela instituição organizadora, onde poucas que possuem um grande potencial de crescimento foram selecionadas,  o que é um indicativo que a Kentech caminha na direção certa após cinco anos de atuação.

A Kentech fez o seu papel e brilhantemente demonstrou o porquê estava ao lado de ideias tão inovadoras e promissoras. O maior destaque foi o KFlow: com foco em métodos ágeis, conversão de faturamento dentro da competência e redução de glosas, o KFlow é a ferramenta indispensável que apoia o gestor a manter o fluxo de trabalho em harmonia e sincronia em todos os setores. De forma bastante dinâmica, a solução permite o cadastro e manutenção de workflows e etapas. Atualmente, o KFlow gerencia R$ 6,5 bilhões por ano.

“Nosso objetivo é levar a tecnologia e inovação para dentro das empresas. Desejamos que a experiência de uso das soluções Kentech seja agradável, melhorando consideravelmente os processos e resultados, direta e indiretamente. Esta seleção traduz de fato o novo momento da Kentech: mais cloud, mais conectado, mais essencial, mais ágil e mais simples”, afirma Marcelo Guimarães, Diretor de Inovação da Kentech. “Temos a convicção que nossos produtos contribuem de forma substancial em todas as áreas e processos das organizações”, finaliza.

Acesse o site da Kentech e conheça mais nossa empresa, nossos produtos e soluções inovadoras. Saiba como transformamos tecnologia e inovação em soluções que agregam as melhores experiências aos nossos clientes.

Kentech inicia projeto de Blockchain na Saúde

A tecnologia blockchain está no radar de uma série de empresas de tecnologia, e a Kentech iniciou um pioneiro e importante projeto na área da saúde para o desenvolvimento de uma solução de blockchain para hospitais e operadoras.

Todavia, o que é a tecnologia blockchain? De uma maneira mais simples, uma tecnologia que permite, através de técnicas criptográficas, agilização de transações complexas para garantir a integridade das transações e informações. Baseada nos seguintes fundamentos: o registro compartilhado das transações (ledger), o consenso para verificação das transações e finalmente, a criptografia, que é a razão de tudo.fintech icon  on abstract financial technology background .

O blockchain também possui o potencial de transformar os cuidados de saúde, uma vez que permite que o paciente esteja presente no centro do ecossistema de cuidados de saúde, ampliando a segurança, integridade, a privacidade e a interoperabilidade dos dados de saúde. Em essência, essa tecnologia poderá disponibilizar um novo modelo para a troca de informações em saúde, tornando os registros médicos eletrônicos mais eficientes, íntegros e seguros. Nesse ponto que a Kentech está atuando para criação de uma solução inovadora na área da saúde, para levar mais essa tecnologia para dentro dos hospitais, operadoras e clínicas.

“A solução de Blockchain da Kentech cria uma forma totalmente confiável para dar crédito às instituições e profissionais da saúde. Será possível utilizar o blockchain para armazenar o prontuário do paciente, ou seja, as prescrições, evoluções, laudos, anotações cirúrgicas, checagens, aprazamentos e até mesmo registrar cada unidade em que ele passou dentro do hospital. A solução também registra e controla quem inseriu e quem consultou cada informação”, explicou Marcelo Guimarães, Diretor de Inovação da Kentech.

A tecnologia teve bastante notoriedade através do Bitcoin, já todas as transações são registradas através do blockchain. Para exemplificar o funcionamento da tecnologia, segundo Don Tapscott, pesquisador canadense, quando enviamos R$ 10 mil em Bitcoins, o valor passa por uma rede de milhares de computadores ao redor do mundo. Cada um com um nível maior de criptografia. Por trás desses computadores há um grupo de pessoas chamados de “mineradores”. Eles possuem uma capacidade computacional absurda, cerca de 20 vezes maior que a força do Google. Usam todo esse poder para encontrar a verdade do que realmente aconteceu. A cada 10 minutos, como um batimento cardíaco da rede, um bloco é criado. Esse bloco contém todas as transações dos últimos dez minutos. Os mineradores, então, usam o poder computacional para validar o bloco e os primeiros mineradores a chegar a um consenso são recompensados em moeda criptografada a partir daquela blockchain. Aquele bloco contendo a transação se conecta com o bloco anterior e este se conecta ao anterior e assim por diante, criando uma cadeia de blocos.

O lançamento da solução está previsto para o segundo trimestre de 2018. Anote em sua agenda.

Acompanhe nosso site e facebook para mais novidades